Releases

Home Releases O público da Fórmula 1 quer mais de Lewis Hamilton
Voltar

O público da Fórmula 1 quer mais de Lewis Hamilton

Lewis Hamilton é o segundo do campeonato, a apenas um ponto de Sebastian Vettel – 177 a 176. E venceu quatro das dez corridas disputadas, incluindo o GP da Inglaterra, sua quarta vitória consecutiva em Silverstone.  Mas ainda não foi escolhido o “Piloto do Dia” em nenhuma das corridas da atual temporada.

“Driver of the Day” é escolhido após cada corrida de acordo com os votos dos internautas de todo o mundo. Como a F1 chega a cerca de 180 países o resultado reflete bem o que pensa o torcedor da F1. E ele se empolga, principalmente, quando vê um piloto saindo lá de trás e terminando com uma boa classificação. Foi o que aconteceu neste domingo com o australiano Daniel Ricciardo. O piloto da Red Bull saiu da última fila e conquistou um ótimo quinto lugar. Sua atuação justificou a escolha de “Piloto do Dia”, no GP da Inglaterra. Se o prêmio fosse concedido a Valtteri Bottas também seria justo: ele saiu do nono lugar para chegar em segundo, superando as Ferrari, e foi imprescindível para o trabalho da Mercedes. Não foi por acaso que ele alcançou a maior velocidade final da prova: 330,6 km/h. Nesse quesito, Hamilton foi apenas o décimo, com 320,2 km/h.

As outras escolhas do atual campeonato caíram também sobre pilotos que tiveram atuações semelhantes. Como Hamilton venceu suas corridas, praticamente, por nocaute, saindo na frente e mantendo a liderança até o final, não recebeu a mesma votação.

Em 2017, quem mais atraiu os votos do público internacional da F1 foi o alemão Sebastian Vettel, em cinco etapas. Ele venceu três corridas: Austrália, Bahrein e Mônaco e foi escolhido em todas elas o “Piloto do Dia”. E também foi eleito nas provas da Espanha e Canadá. O esforço de Vettel para vencer e conquistar pontos, sempre em situação mais difícil do que a das vitórias de Hamilton, recebeu um justo reconhecimento.

Os demais vencedores este ano foram Valtteri Bottas (Rússia e Austrália), Max Verstappen (China) e Lance Stroll (Azerbaijão).

E Lewis Hamilton? Em Silverstone o piloto inglês fez a pole position, venceu a corrida com facilidade e cravou a volta mais rápida, com 1min30s621. Foi aplaudido de pé pelo público que lotou o autódromo britânico. Está a apenas uma pole do recorde de Michael Schumacher (68) – deve superá-lo nessa temporada – e é o segundo piloto com maior número de vitórias na história da categoria. A Fórmula 1 tem várias leituras. E todas são obrigatórias.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece nos dias 10, 11 e 12 de novembro no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Os ingressos para a corrida, informações e imagens em 360 graus dos setores estão disponíveis no único site oficial do evento: www.gpbrasil.com.br. O GP Brasil também está no Instagram e Facebook: gpbrasilf1.

 

Castilho de Andrade                                     
Diretor de Imprensa do GP Brasil de F1