Notícias - Coluna do Castilho

Home Notícias Quem anda mais em Spa?
Voltar

Coluna do Castilho

Quem anda mais em Spa?

Quem anda mais em Spa?
©️ Red Bull Content Pool

Por Castilho de Andrade

Se Michael Schumacher segue como o maior vencedor no circuito belga (seis vitórias contra cinco de Ayrton Senna), do grid atual nem Lewis Hamilton nem Sebastian Vettel lideram em número de vitórias. Da atual geração dos pilotos da Fórmula 1 quem mais venceu nessa pista na região de Ardennes é o finlandês Kimi Raikkönen, duas vezes com McLaren e duas com Ferrari. O GP da Bélgica, encerrando o período de férias, será disputado no domingo, 1/9, às 10h10 com transmissão ao vivo pela TV Globo e BandNews FM, com a equipe de Odinei Edson.

Em número de vitórias consecutivas, em Spa Francorchamps, Ayrton Senna (1988 a 1991) e Jim Clark (1962 a 1965) empatam em quatro vezes cada um.

Spa é um dos circuitos favoritos de dez entre de pilotos. Os outros são Silverstone e Interlagos. Spa, além do traçado longo – 7004 metros – a pista tem curvas de alta e baixa, retas e uma curiosa condição meteorológica que pode apresentar chuviscos em um trecho e sol em outro. Um grande desafio para os estrategistas das equipes e, naturalmente, para os pilotos.

Enquanto Hamilton e Vettel venceram três vezes cada em Spa, a atual sensação do campeonato, Max Verstappen, ainda não cruzou a linha em primeiro lugar. No ano passado subiu no pódio em 3º lugar, atrás de Vettel (1º) e Hamilton (2º), demonstrando arrojo na hora de ultrapassar Sergio Perez, da Force India, garantindo a posição.

Além de Raikkönen, Vettel e Hamilton, do atual grid, Daniel Ricciardo também venceu em Spa, em 2014, correndo com Red Bull.

Este ano a relação de forças entre as equipes mudou um pouco o eixo com uma queda relativa da Ferrari e a ascensão da Red Bull, em seu primeiro ano com a Honda. Se Lewis Hamilton permanece como favorito, a Ferrari joga com a possibilidade de que as retas do traçado possam garantir um bom desempenho para o seu potente motor. A Red Bull, por sua vez, terá que apostar em boa estratégia e na velocidade de Verstappen para acompanhar as duas equipes adversárias. Vice-líder do Mundial 2019, Valtteri Bottas é uma incógnita em Spa. Em 2014, ainda como companheiro de Felipe Massa na Williams, ele subiu ao pódio em 3º, depois de largar com o sexto melhor tempo. Mas não voltou a repetir uma atuação  tão eficiente desde que transferiu-se para a Mercedes. Com altos e baixos, Charles Leclerc também deve ser observado com atenção. Se estiver em um bom dia, o piloto monegasco pode surpreender.

Uma das atrações da corrida, sem dúvida, será a estreia do anglo-tailandês Alexander Albon, pilotando uma Red Bull ao lado de Verstappen. É o seu primeiro teste para ser efetivado na temporada de 2020. Por outro lado, ‘rebaixado’ para a Toro Rosso, veremos qual será o estado de ânimo de Pierre Gasly.

 

 

Castilho de Andrade é jornalista especializado em automobilismo e Diretor de Imprensa do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.