Notícias - Coluna do Castilho

Home Notícias O caminho para o hexa de Hamilton passa por Suzuka
Voltar

Coluna do Castilho

O caminho para o hexa de Hamilton passa por Suzuka

 O caminho para o hexa de Hamilton passa por Suzuka
©Mercedes Benz

Por Castilho de Andrade 

 

O GP do Japão de Fórmula 1 pode ser o passo final para o sexto título de Lewis Hamilton. Se ele terminar com uma vantagem de 105 pontos sobre Charles Leclerc, Max Verstappen e Sebastian Vettel, apenas seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, terá chances aritméticas de chegar ao título. A largada da corrida em Suzuka será às 2h10, da madrugada de sábado para domingo, com transmissão ao vivo pela TV Globo e BandNews FM, com a equipe de Odinei Edson. O treino de classificação, de sexta para sábado, será às 3h.

No momento, Hamiton tem 107 pontos sobre Leclerc, 110 sobre Verstappen e 118 sobre Vettel. Após o Japão restarão quatro corridas pela frente – México, Estados Unidos, Brasil – dias 15, 16 e 17 de novembro, em Interlagos – e Abu Dhabi. O máximo que um piloto pode fazer em quatro provas é 104 pontos (25 por cada vitória e um ponto extra pela volta mais rápida).

Já sobre Valtteri Bottas, Hamilton tem 73 pontos e, no máximo, poderá aumentar estava vantagem para 99 pontos, em Suzuka. Se o campeonato ficar limitado aos dois pilotos da Mercedes, a Mercedes deverá ‘liberar’ a disputa entre os dois, acirrando a disputa na reta final do Mundial 2019.

Se vencer por antecipação, como tudo indica, qual será o comportamento de Lewis Hamilton nas corridas finais do campeonato? Não é difícil responder. Hamilton busca marcas e recordes e o que ele deseja, agora, é superar o recorde de 91 vitórias do heptacampeão mundial Michael Schumacher. Ele tem 82 e a meta é alcançar isso na próxima temporada. E vencer mais provas este ano pavimentaria melhor o caminho para alcançar essa meta.

Depois de Michael Schumacher, que venceu seis vezes o GP do Japão, vem Lewis Hamilton com cinco vitórias. Sebastian Vettel venceu quatro vezes, todas com o carro da Red Bull. A Ferrari está devendo em Suzuka. Sua última vitória foi em 2004 com Schumacher. Por outro lado, a Mercedes venceu as últimas cinco provas. Sebastian Vettel e Charles Leclerc terão trabalho duro no Japão.

 

 Castilho de Andrade é jornalista especializado em automobilismo e Diretor de Imprensa do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.