Notícias - Coluna do Castilho

Home Notícias Fórmula 1 esclarece últimas dúvidas
Voltar

Fórmula 1 esclarece últimas dúvidas

Fórmula 1 esclarece últimas dúvidas

A Fórmula 1 está completando o grid 2017. A informações ainda não oficiais indicam que Felipe Massa abandonou o projeto de aposentadoria e defenderá a Williams. Isso significa que a Mercedes poderá anunciar, a qualquer momento, a contratação do finlandês Valtteri Bottas para o lugar de Nico Rosberg. Massa será então o primeiro piloto da equipe ao lado do estreante canadense Lance Stroll.

A Williams só liberaria Bottas se conseguisse fechar com Massa.

A vaga mais ambicionada da F1 – segundo a metáfora de Niki Lauda, meio mundo se ofereceu para ocupá-la – tinha engessado as posições indefinidas do grid para 2017. A hipótese mais simples seria a transferência do também alemão Pascal Wehrlein, da Manor, onde nem está efetivado, para o lugar de Nico. Esta era a solução preferida tricampeão Lewis Hamilton que, em 2017, será canonizado como primeiro piloto da equipe. A situação entre ele e Nico nunca deixou claro quem era o primeiro.

Mas a Mercedes teria planos mais agressivos para a formação de sua dupla de pilotos, preferindo a opção de dois pilotos rápidos e experientes. Nesse caso, a escolha cairia sobre o finlandês Valtteri Bottas que tem mais um ano de contrato com a Williams. Para tirá-lo da escuderia inglesa, a Mercedes ofereceria Wehrlein e um generoso desconto no fornecimento de motores. O problema é que isso deixaria a equipe sem um piloto de ponta. A Williams terá em 2017, em uma das vagas, o estreante canadense Lance Stroll. A saída seria então adiar a aposentadoria de Felipe Massa. E, parece, foi o que acabou acontecendo.

Este caminho não seria ideal para o outro Felipe, o Nasr, que apostaria na ida de Wehrlein e, assim, poderia ficar com uma das vagas da Manor. Nasr, entretanto, ainda não desistiu oficialmente da Sauber.

As demais novidades não deverão sofrer alteração. O belga Stoffel Vandoorne estará pilotando a McLaren ao lado de Fernando Alonso; o dinamarquês Kevin Magnussen formará dupla com Romain Grosjean na Haas; Nico Hülkenberg vai para a Renault e seu lugar na Force India será ocupado por Esteban Ocon (indicação da Mercedes).

Entre os sem-contrato para 2017 estão Esteban Gutierrez, Pascal Wehrlein, Rio Haryanto e Felipe Nasr. Eles disputam uma (ou duas) vagas na Manor uma na Sauber.

Agora o futuro dirá se Rosberg, como já aconteceu com campeões mundiais como Michael Schumacher, Kimi Räikkönen, Niki Lauda e Alain Prost, voltará um dia às pistas.

Desejamos a todos um feliz Natal e uma ótima passagem de ano. Voltaremos à Fórmula 1 em 2017.

 

 

Castilho de Andrade é jornalista especializado em automobilismo e Diretor de Imprensa do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.