Notícias

Home Notícias Fórmula 1 2021: Sainz na Ferrari e Ricciardo na McLaren
Voltar

Fórmula 1 2021: Sainz na Ferrari e Ricciardo na McLaren

 Fórmula 1 2021:  Sainz na Ferrari e Ricciardo na McLaren
© Carlos Sainz Jr. / © Renault F1 Team

Por Castilho de Andrade 

Estratégia perfeita. Quase ao mesmo tempo, as escuderias Ferrari e McLaren anunciaram nesta quinta-feira, 14/05, suas contratações para a temporada do ano que vem. Daniel Ricciardo deixará a Renault e será companheiro de Lando Norris na McLaren enquanto Carlos Sainz trocará a McLaren pela Ferrari. Melhor para os dois pilotos e pior para Sebastian Vettel a não ser que...

A vaga aberta pelo alemão Sebastian Vettel na Ferrari provocou rapidamente essa ‘troca’ de cadeiras nas equipes da Fórmula 1, antes mesmo de iniciada a temporada de 2020. Ricciardo era cotado para a Ferrari, mas acabou na McLaren. Essa decisão comprova que a Ferrari aposta em Charles Leclerc como primeiro piloto. O espanhol Carlos Sainz vem para completar, com dois anos de contrato.

A McLaren contratou Ricciardo. Mas há quem afirme que, antes do australiano, sondou Sebastian Vettel que teria recusado a proposta por razões salariais. Ninguém confirmou a história. Mas, se for verdade, pode ser que Vettel tenha alguma carta na manga (em tese, a McLaren, com motores Mercedes a partir de 2021, seria sua melhor opção). A carta tanto poderia ser a Mercedes – os contratos de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas vencem no final deste ano e ainda não foram renovados – como a Red Bull embora essa escuderia tenha negado a possibilidade de um acordo com o tetracampeão. Já a Mercedes não disse sim nem não sobre Vettel.

Os dois pilotos que mudaram de equipe em 2021 são, indiscutivelmente, talentosos. Ricciardo, 31 anos, que soma sete vitórias em nove temporadas, terá provavelmente sua chance derradeira em uma equipe de ponta. Já Sainz, 25 anos, vai disputar sua sexta temporada e é visto como um talento a ser lapidado. Na Ferrari terá a prova de fogo.

Nessa troca abriu uma vaga na Renault.  Até prova em contrário, não deve ser de interesse de Sebastian Vettel. 

 

 

Castilho de Andrade é jornalista especializado em automobilismo e Diretor de Imprensa do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.