Notícias

Home Notícias Da Fórmula 1 para o tratamento da covid-19
Voltar

Da Fórmula 1 para o tratamento da covid-19

Da Fórmula 1 para o tratamento da covid-19
©️ Mercedes AMG F1 Team

Por Castilho de Andrade 

A equipe Mercedes está fazendo a sua parte no combate ao coronavírus. Engenheiros da equipe hexacampeã mundial de F1 em parceria com engenheiros e clínicos da University College de Londres desenvolveram um aparelho que fornece oxigênio aos pacientes sem a necessidade de ventilador.

O equipamento tem o nome de CPAP (‘Continuous Positive Airway Pressure – Pressão de ar contínua e positiva’­) e já está sendo utilizado em alguns hospitais da Itália e China e cerca de 40 unidades foram entregues para alguns hospitais de Londres.

O CPAP já foi aprovado pela Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde da Grã-Bretanha e a Mercedes acredita que poderá, dentro de alguns dias, produzir cerca de mil unidades por dia.

A grande vantagem do CPAP é que, ao contrário dos ventiladores utilizados pela medicina, ele é menos invasivo porque o oxigênio é obtido por pressão e, dessa forma, torna desnecessária a sedação do paciente introdução de um tubo no sistema respiratório.

As autoridades médicas do hospital da College University destacaram que a tecnologia da Fórmula 1 conseguiu desenvolver o equipamento em questão de dias o que, em situação normal, poderia levar muito mais tempo. Os técnicos trabalharam 24 horas por dia em cima dos ventiladores já utilizados, buscando uma forma de torná-los mais eficientes e menos invasivos. E a solução veio em tempo recorde.

 

 

Castilho de Andrade é jornalista especializado em automobilismo e Diretor de Imprensa do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.