Notícias - Coluna do Castilho

Home Notícias Com Lewis Hamilton, grid da Fórmula 1 2021 está completo
Voltar

Coluna do Castilho

Com Lewis Hamilton, grid da Fórmula 1 2021 está completo

Com Lewis Hamilton, grid da Fórmula 1 2021 está completo
©️ Mercedes AMG F1 Team

Por Castilho de Andrade 

O heptacampeão mundial Lewis Hamilton é o último piloto do grid. Ele só chegou a um acordo com a Mercedes a 40 dias do início do campeonato – 28 de março, no Bahrein – completando a lista dos 20 pilotos que disputarão a temporada. Hamilton impôs o que ele queria: contrato de apenas um ano.

Hamilton tem 36 anos e, salvo alguma surpresa, é favorito para conquistar seu oitavo título este ano, tornando-se então o maior vencedor de títulos de todos os tempos (ele já é recordista de vitórias e poles). Com novas regras entre outras mudanças previstas para 2022, ele prefere avaliar bem quais seriam as suas chances para permanecer na Fórmula 1. Esta é uma decisão que não sairá logo. Mas, ao mesmo tempo, ele sabe que a Mercedes já analisa opções como George Russell, por exemplo.

O grid 2021 deve ser um dos pontos altos da temporada. A presença do alemão Sebastian Vettel correndo pela Aston Martin (ex-Racing Point), o mexicano Sergio ‘Checo’ Perez na Red Bull (no ano de despedida da Honda), o espanhol Carlos Sainz Jr na Ferrari, o australiano Daniel Ricciardo na McLaren (agora com motor Mercedes) e a volta de Fernando Alonso pela Alpine (ex-Renault) são mudanças que podem garantir mais excitação às corridas.

A Mercedes, com Hamilton e Valtteri Bottas, foi a única das equipes de ponta a não mexer na dupla de pilotos, acompanhada pela Alfa Romeo e Williams. A equipe tentará seu oitavo título consecutivo de construtores e a chance de que esta seja a última vez que alinhará com Lewis Hamilton e Valtteri Bottas é grande. Este será o quinto campeonato seguido que ela escalará a mesma dupla de pilotos e a tendência é a contratação de um piloto mais jovem para uma das vagas.

A Haas decidiu trocar seus dois pilotos e vem com dois estreantes: Mick Schumacher (indicado pela Ferrari) e o russo Nikita Mazepin; a Alpha Tauri terá o japonês Yuki Tsunoda (indicado pela Honda) ao lado de Pierre Gasly enquanto a Alfa Romeo manteve Kimi Raikkönen (que completará 42 anos em outubro) e Antonio Giovinazzi. A Williams, com nova direção, também optou para não fazer mudanças e terá George Russell e Nicholas Latifi.

 

 

Castilho de Andrade é jornalista especializado em automobilismo e Diretor de Imprensa do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.