Notícias

Home Notícias Aston Martin na Fórmula 1, 60 anos depois
Voltar

Aston Martin na Fórmula 1, 60 anos depois

Aston Martin na Fórmula 1, 60 anos depois
Aston Martin

Por Castilho de Andrade 

O bilionário canadense Lawrence Stroll traz a emblemática marca de volta à Fórmula 1. O anúncio oficial foi nesta quarta-feira, 01/04. Depois de Force India e Racing Point, a equipe dos pilotos Sergio Perez e Lance Stroll, filho de Lawrence, passará a se chamar oficialmente Aston Martin, a partir do ano que vem.

Novidade? A Aston Martin esteve na F1 apenas em 1959 e 1960, disputando apenas cinco corridas sem marcar pontos. Agora, ela voltará com planos mais ambiciosos do que no passado, em sua base ao lado do circuito de Silverstone, na Inglaterra.

A Aston Martin ganhou muita projeção na cultura pop graças aos filmes de James Bond. Sean Connery, o icônico ator britânico, dirigiu o primeiro Aston Martin no filme ‘Goldfinger’, de 1964. E a máquina passou a ser sinônimo de força, potência, agilidade e eficiência. O 25º filme da franquia Bond, ‘Sem tempo para morrer’, com lançamento previsto para o final deste ano, mostrará o ator Daniel Craig pilotando nada menos do que quatro modelos da Aston Martin, inclusive o ‘Valhala’, que só será lançado em 2021, coincidindo com a entrada da Aston Martin, com equipe oficial, na Fórmula 1. O conselho da Aston Martin aprovou recentemente o investimento de 260 milhões de libras através do grupo empresarial presidido por Lawrence Stroll.

Para o empresário canadense, a volta da Aston Martin à Fórmula 1 permitirá à marca uma visualização de ‘bilhões de pessoas’ ao longo de cada temporada. Os detalhes técnicos da entrada da Aston Martin serão anunciados brevemente.

 

 

Castilho de Andrade é jornalista especializado em automobilismo e Diretor de Imprensa do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.