Notícias - Coluna do Castilho

Home Notícias Os prêmios da FIA para os melhores do mundo
Voltar

Coluna do Castilho

Os prêmios da FIA para os melhores do mundo

Os prêmios da FIA para os melhores do mundo
©️ Mercedes AMG F1 Team

Por Castilho de Andrade

Nada a contestar. A Federação Internacional de Automobilismo fez justiça consagrando as vitórias de Lewis Hamilton e a Mercedes nos Mundiais de Pilotos e Construtores da Fórmula 1 de 2018, sexta à noite, na cerimônia de gala, no luxuoso espaço da Orquestra Filarmônica de São Petersburgo, na Rússia. O troféu de ‘estreante do ano’ foi para o monegasco Charles Leclerc. Hamilton, o grande destaque da noite, recebeu ainda o prêmio de ‘personalidade do ano’ no automobilismo internacional enquanto os ‘chefes’ Toto Wolff e Niki Lauda o prêmio da presidência da FIA pelo trabalho realizado na equipe Mercedes, com a conquista do quinto título consecutivo no Mundial de Construtores.

Algumas publicações especializadas também apontaram os melhores do ano. A prestigiada Autosport, por exemplo, ouviu os chefes de equipe para a escolha dos melhores do ano. Apenas Maurizio Arrivabene, da Ferrari, não respondeu ao questionário. Os votos foram mantidos em segredo. O vencedor foi Lewis Hamilton seguido por Max Verstappen. O vice-campeão da temporada, Sebastian Vettel, foi o 3º na visão dos chefes de equipe. Fernando Alonso, que se despediu da Fórmula 1, foi o 4º e Daniel Ricciardo o 5º, cabendo a Charles Leclerc a 6ª posição.

Lewis Hamilton, que conquistou seu quinto título, teve uma temporada irrepreensível com 11 vitórias e deixando de marcar pontos em apenas uma ocasião. O domínio da Mercedes sobre a Ferrari também foi destacado durante a cerimônia. Leclerc, que em 2019 defenderá a Ferrari, venceu pela segunda vez consecutiva o prêmio de ‘estreante’. No ano passado, o piloto já tinha sido escolhido pela forma como venceu o campeonato de Fórmula 2.

Durante a cerimônia, outros assuntos foram comentados pelos dirigentes e pilotos presentes. A direção da Racing Point (ex-Force India) anunciou que a escuderia ganhará um novo nome em 2019 que será anunciado brevemente. E a FIA confirmou o calendário do próximo Mundial de F1 que começará dia 17 de março, na Austrália. O GP Brasil de F1 será nos dias 15, 16 e 17 de novembro, em Interlagos. O Mundial terminará dia 1º de dezembro, em Abu Dhabi, a 21ª prova da temporada.

Outros destaques da premiação da FIA foram o francês Sébastien Ogier, pelo seu sexto título seguido no Mundial de Rali; o também francês Jean-Éric Vergne, campeão da Fórmula E, e o alemão Mick Schumacher, filho de Michael Schumacher, que somou oito vitórias no Campeonato Europeu de F3, conquistando o título da temporada. Mick deverá disputar o campeonato de F2 em 2019. Enzo Fittipaldi, campeão da Fórmula 3 italiana este ano, também participou da cerimônia, em São Petersburgo.

 

 

Castilho de Andrade é jornalista especializado em automobilismo e Diretor de Imprensa do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1.